Archive for the ‘Dead n’ Roll’ Category

h1

Dead n’ Roll / Lynyrd Skynyrd – A força do rock que resistiu as tragédias

março 1, 2008

Um dos nomes mais importantes do Southern Rock e, possivelmente , o que melhor representou a essência desse estilo, o embrião do Lynyrd Skynyrd surgiu no final dos anos 60, quando a banda My Backyard foi formada em Jacksonville, Flórida, por Ronnie Van Zandt (vocal), Allen Collins (guitarra ) e Gary Rossington (guitarra), então colegas de escola. Mais tarde, juntaram-se a eles o baixista Leon Wilkenson e o tecladista Billy Powell, mudando o nome do grupo para Lynyrd Skynyrd em “homenagem” ao professor Leonard Skinner, famoso por punir alunos com cabelos compridos.
banda1.jpg
Lynyrd Skyrnyd
Em 1973, com Bob Burns na bateria e Ed King como terceiro guitarrista, a banda lança seu primeiro álbum, “Pronounced Leh-Nerd Skin-Nerd”, com o clássico “Free Bird”, um tributo a Duanne Allman, morto 2 anos antes. Passaram a abrir shows para o The Who na tour do Quadrophenia e, em 1974, lançam seu segundo disco, “Second Helping”, com o hit “Sweet Home Alabama”, considerada uma resposta à música “Southern Man” de Neil Young, onde este criticava os sulistas. Ed King deixa a banda no final de 1974 e Bob Burns é substituído por Artimus Pyle.

Ed King

Ed King

Como um sexteto, o Lynyrd Skynyrd lança “Nuthin’ Fancy” em 1975 e “Gimme Back My Bullets” em 1976, sem o mesmo sucesso dos 2 primeiros discos da carreira. Ainda em 1976, a banda recruta Steve Gaines, voltando a se apresentar como o famoso trio de guitarristas-solo e lança o álbum duplo ao vivo “One More From The Road”, que atinge o Top Tem nos EUA e recoloca a banda em evidência. Em 17 de outubro de 1977, é lançado o álbum “Street Survivors” e a banda entraria em sua maior turnê. Tragicamente, em 20 de outubro, apenas 3 dias depois do lançamento de “Street Survivors”, um avião que fazia um vôo fretado, caiu num pântano em Gillsburg, matando Ronnie Van Zandt, Steve Gaines e sua irmã, Cassie Gaines (backing vocals), além do manager, Dean Kilpatrick. Os demais membros sobreviveram, apesar dos graves ferimentos.
ronnie-van-zandt.jpg
Ronnie Van Zandt

Após a tragédia, “Street Survivors” que, por ironia do destino, tinha na capa a banda em meio a chamas de um incêndio, foi retirado das lojas para que a capa fosse refeita , sendo que a tiragem original se tornou uma relíquia entre os fãs. Em 1980, Allen Collins e Gary Rossington resolveram continuar suas carreiras e formaram a Rossington Collins Band com ex-companheiros do Lynyrd, Billy Powell e Leon Wilkenson. Para evitar comparações, não chamaram um terceiro guitarrista e escolheram uma vocalista feminina, Dale Krantz, ex-backing vocal do 38 Special e que, futuramente, viria a se tornar esposa de Rossington.
gary-rickie.jpg
Rickey Medlocke e Gary Rossington
Mas a sucessão de tragédias ainda não acabara. Allen Collins perdeu sua esposa por complicações ralacionadas à gravidez e em 1982, com 2 albuns lançados, a Rossington Collins Band encerrou suas atividades. Em 1986, Collins sofre um grave acidente de carro, onde morreu sua namorada, ficando tetraplégico. Em 1987, 10 após o acidente de avião, os remanescentes do Lynyrd Skynyrd resolveram se reunir para continuar seu legado. Os vocais foram assumidos por Johnny Van Zandt (irmão mais novo de Ronnie) e Allen Collins, paralisado do pescoço para baixo, ainda teve forças para indicar seu substituto, Randall Hall, que havia tocado em sua banda. Collins veio a falecer em 1990 por falência respiratória em decorrência de complicações de sua paralisia.
Em 2001 , foi a vez de Leon Wilkenson falecer durante as gravações do álbum “Vicious Cycle”, do qual ele chegou a tocar em algumas músicas. Devido ao seu hábito de colecionar chapéus , Wilkenson foi homenageado com a faixa “Mad Hatter”. A formação atual conta com Johnny Van Zandt (vocais), Gary Rossington, Rickey Medlocke e Hughie Thomasson (guitarras), Billy Powell (teclados), Ean Evans (baixo), Michael Cartellone (bateria) e Dale Krantz-Rossington (backing vocals).